Warning (2): fopen(/home/storage/0/65/48/cedslitoralnorte1/public_html/portal2011/tmp/cache/models/cake_model_default_arquivos) [function.fopen]: failed to open stream: No such file or directory [CORE/cake/libs/file.php, line 156]
Warning (2): unlink(/home/storage/0/65/48/cedslitoralnorte1/public_html/portal2011/tmp/cache/models/cake_model_default_vinculosvideos) [function.unlink]: No such file or directory [CORE/cake/libs/file.php, line 292]
Municípios buscam alternativas para aquecer o turismo na baixa temporada - Portal CEDS

Litoral Norte Sustentável

Centro de Experimentação em Desenvolvimento Sustentável

Saiba mais sobre o CEDS

Municípios buscam alternativas para aquecer o turismo na baixa temporada

Terça, 03 de Julho de 2012

O tempo fez com que o Litoral Norte fosse reconhecido como uma região paradisíaca. Gente bonita, belas praias, grande área verde, diversas trilhas e muitas cachoeiras. No entanto, tais características são latentes durante a temporada. Mas o que fazer na região durante o inverno? O que as cidades têm a oferecer a turistas e munícipes quando o sol se torna apenas um visitante, e o comum se estabelece com o frio e a chuva? O Imprensa Livre foi atrás dos Poderes Público para saber quais as ações e estratégias para o Litoral Norte continuar a ser uma região atrativa durante este período conhecido como baixa temporada. 

Vela 

O prefeito ilhéu Toninho Colucci elenca como principal atividade no inverno a semana internacional de vela. A competição considerada a maior da América Latina movimenta Ilhabela em pleno inverno. Serão 150 barcos e 1.400 velejadores de vários países, como Argentina e Chile, entre sete e 14 de julho. A chamada Rolex Ilhabela Sailing Week de 2012 está chegando e a cidade, conhecida como a Capital da Vela no Brasil, está pronta para receber os visitantes. A maior regata da América Latina reúne cerca de 1.400 velejadores de vários países e a expectativa da Secretaria de Turismo do município é que Ilhabela registre a presença de mais de 80 mil turistas durante o mês de julho, em pleno inverno. 

“Há um investimento em trabalho para agir na sazonalidade. A gente está no inverno, a principal atividade são as praias, e com a baixa temporada todas as cidades da região sofrem”, comenta o prefeito. Contudo, Colucci destaca ainda festivais culturais e a gastronomia, que junto com a semana da vela, potencializa o setor turístico. 

Além de acompanhar as competições náuticas, os turistas que visitarem a ilha terão opções de lazer como ecoturismo e cultura. Os mais procurados são trekking e turismo off road, os já tradicionais passeios de jipe pelos pontos mais bonitos e pouco habitados da cidade. A fauna e flora de Ilhabela estão na lista de atrações imperdíveis. São 3 mil espécies de aves marinhas e migratórias que passam pela região.

A rede hoteleira se diz pronta e oferece conforto e segurança também aos familiares, convidados e amigos durante o período. Os novos pacotes têm descontos de 10 a 15 %, além de condições diferenciadas de check-out.

O Yacht Club de Ilhabela também demonstra estar preparado para receber os principais velejadores de oceano do País e da América Latina. “Está tudo pronto para recebermos os visitantes a partir da semana próxima. O YCI não poupa esforços para criar todas as condições de conforto tanto para os velejadores como para seus convidados durante a Rolex Ilhabela Sailing Week. São mais de 200 profissionais que formam o staff de apoio do evento”, informa José Nolasco, diretor de vela do YCI e responsável pela organização do campeonato. A tradicional competição terá 150 barcos nas classes S40, ORC, HPE, C30 e BRA-RGS. O calendário de provas começa na manhã do dia 8 de julho, com as regatas Eldorado Alcatrazes por Boreste - Marinha do Brasil, Ilha de Toque-Toque por Boreste e Renato Frankenthal - HPE 25.

Tainha e jogos

No período de inverno o Governo Municipal, por meio da secretaria de Turismo e a Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba (Fundacc), promove diversas atrações para atrair moradores, turistas e veranistas. Um exemplo é o Festival da Tainha que será no Entreposto de Pesca do bairro Porto Novo no feriado prolongado da Revolução de 32, entre os dias seis e nove de julho (sexta à segunda-feira).

Outra atração que movimentará a cidade é o Festival Inverno Quente, da Fundacc, entre os dias cinco e 29 de julho com programação nas quintas, sextas, sábados e domingos. O objetivo é apresentar o melhor da música local no Museu de Arte e Cultura de Caraguatatuba (Macc) e na Praça Dr. Cândido Motta. Este ano, a cidade terá um atrativo a mais: os 56º Jogos Regionais, entre os dias 18 e 28 de julho, nas praças de esporte de Caraguá. Serão 42 municípios que enviarão oito mil atletas para participar das competições.

Já tiveram início os preparativos para a 7ª edição do Caraguá a Gosto, um dos eventos gastronômicos mais saborosos e apetitosos da região. Este ano, participam do evento 32 estabelecimentos. A competição será realizada entre os dias três de agosto e nove de setembro. O objetivo do evento é realizar, na baixa temporada, um concurso gastronômico que fortaleça o turismo, com o estímulo à rica e diversificada culinária local, além de aumentar o faturamento dos restaurantes e do comércio em geral.

De acordo com o secretário de Turismo, Cristian Oliveira de Souza, a expectativa é que a competição seja saudável e amigável entre os participantes. “A cada ano procuramos nos superar e fazer o melhor para os restaurantes e para os clientes”, disse.

Estratégia e antecedência 

A baixa temporada também é preocupação da Prefeitura de São Sebastião que diz estar atuando de modo que o município receba turistas durante o ano todo. Esse planejamento é realizado com antecedência para ser praticado mês após mês. As ações abrangem desde a agenda cultural, até a melhora na infraestrutura para atender bem àquelas pessoas que escolhem o município como destino.

Segundo a prefeitura, nos últimos anos a cidade não tem apresentado dificuldades, por exemplo, para receber turistas nos meses considerados de baixa temporada, no inverno. Isso porque há opções de lazer em entretenimento em vários pontos da cidade e o próprio clima tem contribuído para que haja movimento.

No ramo de eventos, há atividades que já viraram tradição e reúnem milhares de pessoas. Esse é o caso do Arraiá Caiçara, que acontece no mês de julho e atrai pessoas de várias regiões para muita descontração, comidas típicas, danças e apresentações musicais. 

“O turismo sebastianense proporciona oportunidades e busca ser sustentável, tanto para o ambiente quanto para o povo”, destaca a secretária de turismo e cultura, Marianita Bueno. Para ela, o município tem uma forte herança cultural e valoriza suas características locais, como o artesanato e a música caiçaras, as danças típicas e as apresentações teatrais. “Agrupado à preservação cultural, o patrimônio de nossa cidade é, antes de tudo, a reafirmação da identidade das pessoas e deve ter o passado e o presente caminhando juntos. Isso por si só tem trazido muitos visitantes para a cidade. Ao complementarmos isso com outras estratégias de turismo, a situação fica ainda melhor”, completa.

A cidade conta atualmente, por exemplo, com um Centro Histórico revitalizado e com completa acessibilidade, outro fomentador do turismo, mesmo na baixa temporada. As belezas naturais são outra parte do atrativo, que ainda são acrescidas de passeios ecológicos, trilhas, esportes de aventura. 

Ainda dentro da programação de julho, a cidade recebe outras festas tradicionais que são amplamente divulgadas e que recebem inúmeros moradores e visitantes. Entre elas está a festa de São Pedro Pescador, a Festa da Tainha de Boraceia, Festa do Sagrado Coração do Toque Toque Pequeno, entre outros. As parcerias com as diversas atividades promovidas pela iniciativa privada também são meios que a Prefeitura encontrou para aumentar o turismo. Um ponto a ser ressaltado é que a administração municipal se preocupa em atrair o turista, mas também não deixa de lado o empenho para atender bem a população local e oferecer atrações para todos os gostos e níveis. 

Verba

A atual Administração de Ubatuba procurou se preparar também para essa época do ano. Em abril, o prefeito municipal, Eduardo César e o secretário municipal de Cultura e Turismo, Maurício Petiz, estiveram em reunião com o secretário estadual de Turismo, Márcio França. O objetivo do encontro foi o agradecimento ao secretário de Estado pelo empenho na liberação dos recursos repassados pelo Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) para Ubatuba. “Com o apoio da Secretaria Estadual de Turismo e os recursos advindos do Dade já realizamos grandes obras em nosso município. Por isso fomos pessoalmente agradecer o secretário Márcio França pelo empenho em oferecer para Ubatuba maiores possibilidades de desenvolvimento turístico”, disse o prefeito na ocasião.

Além do agradecimento, foi discutida durante o encontro a realização da II Encenação da Paz de Iperoig, o primeiro Tratado de Paz das Américas. A primeira edição aconteceu em outubro de 2011 e já é conhecido como o maior espetáculo teatral de areia de praia do Litoral Norte. Na ocasião foram acertadas as datas para o evento deste ano e o apoio da Secretaria de Cultura de São Vicente na troca de experiências e empréstimo de figurinos, entre outros detalhes. 

 Fonte: Leonardo Rodrigues/Imprensa Livre/julho 2012














Convênio




Esse site é um registro passivo da memória do Convênio Diálogo para a Sustentabilidade que reuniu Petrobras, ReaLNorte e Universidade Católica de Santos e aconteceu de 2008 a 2012.